Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vidinha

A minha vidinha

06
Jun18

Voltarei

Maki

Os meus exames acabam daqui a um mês e tenho um sem-fim de projectos que quero realizar no verão, o que implica que voltarei a ter vida e consequentemente desgraças e momentos constrangedores que contar, yeeeey! (Apesar de ter quase a certeza que já ninguém se lembra de mim...)

Ontem tive um cheirinho do que era ter vida social porque uma amiga fez anos, acabámos a noite num bar, o que para mim é sempre algo super fun-fun-fun, por isso 10 minutos após chegarmos fui ver o horário dos autocarros para ir para casa, ou ia para a paragem em 5 minutos ou tinha que esperar 1h pelo próximo autocarro, por isso fiz-me ao caminho, sozinha. Muita gente chamaria-me irresponsável "ai moça! que horror andar 15 minutos a pé às tantas da noite. Queres que te aconteça alguma coisa só pode!", mas não... Honestamente acho menos provável ser assaltada de noite do que de dia, o policiamento é bem mais frequente e uma pessoa acaba por andar mais alerta, e, no meu caso, também com mais ar de quem vai esfaquear alguém do de quem vai ser esfaqueada. A prova disso é que um jovem andava a pedir tostões para "pagar o autocarro" e quando me perguntou manteve uma distancia de segurança de aproximadamente 1 metro e meio. 

Como não podia deixar de ser, depois de entrar no autocarro (esse meio de transporte magnifico cujos condutores após a uma da manhã consideram que são o Vin Diesel no Velocidade Furiosa) e encontrar um lugar um sitio onde sentar a bunda oiço um "alguém tem um lenço?", olho para trás e vejo sangue, bastante sangue..."Alguém levou uma xinada?", "Tu deste uma xinada?", "Alguém teve uma hemorragia nasal?", Nope, um gajo caiu ao saltar um murinho para chegar ao autocarro e uma feridinha pequenina estava a sangrar como uma feridona, lá lhe dei uns lenços, outro senhor deu-se uns pensos e desinfectante e uma moça fez-lhe o curativo. Honestamente, o gajo caiu para apanhar o autocarro certo que eu nunca tinha visto gente tão preparada e disposta a ajudar como naquele fatídico autocarro às 3 da matina.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D