Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha vidinha

A minha vidinha

02
Nov19

Mestre cupido

Maki

Já experimentei o Tinder, o bumble e até mesmo o okcupid. 

Nenhum deles funcionou. O melhor tipo que me apareceu foi um amurican redneck que era fa de Murakami, mas o bacano trabalhava num cruzeiro então não deu para combinar nada. 

Após imensos swipes e matches vazios e falhados, decidi que chega. 

Todas as apps são demasiado meh e não se focam muito no conteúdo da pessoa... E por mais papável que a pessoa seja, se não houver conteúdo, não dá muito por onde lhe pegar. 

Por isso tive uma ideia de um milhão de dólares e na qual provavelmente há mais um milhão de pessoas a trabalhar. 

Uma dating app. Vou fazer um esquema e tentar apresentar a ideia a um amigo meu de design. Se ele alinhar vou fazer uma partnership com ele e desenvolver esta merda. 

Até lá vou instalar novamente o Tinder e apontar tudo o que acho estar errado com a App. E talvez encontrar o Arnaldo. 

Wish me luck 

09
Fev17

Sou uma besta

Maki

Nunca ninguém é 100% feliz numa casa partilhada, portanto sempre que o pessoal da terrinha se reune acabamos por nos queixar das pessoas com que nos vemos obrigados a dividir casa durante a faculdade, sempre que isso acontece apercebo-me que sou uma besta.

Após 3 anos nessa vida deixei de ter paciência para ser passiva. Se vejo alguma coisa cagada não consigo passar ao lado enquanto rezo para que o responsável limpe aquilo, simplesmente limpo e posteriormente falo com quem suponho ser o responsável, se não fizer ideia de quem foi falo com toda a gente lá de casa para que aquilo não se volte a repetir. Se não há espaço no congelador não me queixo ao senhorio, falo com as pessoas arranjo um tempinho, despejo o congelador e tiro o gelo que ocupava mais de 50% do espaço útil. Se a ligação à Internet está uma porcaria não choro e digo mal do senhorio na cozinha, ligo-lhe a queixar-me. Se algum cano está entupido não espero que a gravidade faça com que a água desapareça e deixe um rasto de gordura, pego no desentupidor posteriormente limpo o lava-loica. Se alguém tem uma ideia horrível para melhor alguma zona da casa dou-lhe a minha honesta opinião mas digo-lhe que está à vontade para experimentar.

O meu senhorio diz que sou desenrascada, as minhas amigas dizem que sou uma besta.

15
Jan17

Ser gaja é caro (e complicado)

Maki

Hoje fui ás compras e gastei uma pequena fortuna, em alimentação? Não. Em doces? Infelizmente não. Em pensos. Quase 10 euros em pensos higiénicos que me vão durar apenas 2 meses porque infelizmente tenho imenso fluxo e quando estou em stress chego a ter hemorragias, ou seja, só com o período acabo por gastar 5euros por mês. A verdade é que podia comprar pensos mais baratos, e em tempos fiz isso, mas a qualidade e o conforto é incomparável, com estes o medo de estar suja é bastante menor, até mesmo durante a noite. Antes acordava sempre a meio pelo menos uma vez por me sentir desconfortável, especialmente durante verão.

Além desses 5 euros ainda gasto cerca de 3 euros por mês na pílula (o meu corpo é uma porcaria e reage mal às genéricas que são dadas no centro de saúde). Estes 8 euros tem mesmo que ser, mas depois ainda tenho as despesas adicionais em parte devidas à sociedade, os 10 euros do buço e das sobrancelhas (novamente aqui o meu corpo não me ajuda, tenho a pele sensível então a única opção que me deixa vermelha durante menos de 3 horas é das mais caras - a linha.  Quando fazia a cera ficava com marca durante 1 dia, e honestamente a marca vermelha destaca-se bem mais que o buço que a antecedeu) e 20 euros para a depilação. Honestamente nestas ultimas não sou tão regular como devia, tanto por preguiça como por desleixo e amor ao dinheiro, por exemplo neste momento sou um ursinho com um bigodinho de fazer inveja a muito homem.

Além desses gastos mensais uma gaja acaba por ter que comprar pelo menos um sutiã por ano, porque não importa o cuidado que tenhas com as coisas, acaba sempre por se estragar algum, ou o aro salta, ou fica com um buraquinho perto do fecho, ou começa a ficar rasgado perto da almofada... E cada sutiã mediamente bom é no mínimo 10euros... Sendo que existe sempre da a hipótese de uma pessoa comprar a copa errada por estar cansada e confundir o C com o B ou o 36 com o 34 e em vez de um suporte para o peito acaba por comprar uma prisão para as mesmas...  

Ou seja o simples facto de ter uma vagina faz com que gaste mais 8 euros por mês que um homem e se me importasse muito com a aparência ainda teria que gastar mais 30... Se bem que estes últimos 30 nos dias de hoje já não é muito relacionada com o sexo, porque há muito homem a também tratar das sobrancelhas e a se ver livre do pelo, mas ainda são poucos. 

O estado devia financiar-me pelo menos os pensos...

14
Set16

Bando de ladrões!

Maki

Pois é meus caros, arranjar quarto em Lisboa nunca foi fácil nem barato, mas este ano está estupidamente complicado. No espaço de um ano os preços subiram cerca de 30 euros por mês sendo que muitos deles nem tem as despesas incluídas, no ano passado já me revoltei sobre isto mas wooow cada vez está pior...

Este ano fui visitar um quarto "anexo" num T4 (ou seja, para ir à casa de banho ou à cozinha a meio da noite tinha que trancar a porta do meu quarto, destrancar a porta da rua, andar um corredor enorme, fazer o que tinha a fazer, abrir a porta da rua, trancar a porta da rua, destrancar a porta do meu quarto e finalmente voltar para a cama. Demasiado trabalho para fazer um xixinho.) e o raio do quarto era 250euros sem despesas incluídas num bairro meh... Encontrei outro que consistia num cubículo sem janela e onde a secretária era uma mesa roubada de uma esplanada a 280 euros sem despesas. Acabei por encontrar um jeitoso por 260 euros com tudo incluído (limpeza também, um autentico milagre).

Algum dos quartos que visitei tinha recibo? Não! 

Depois existe o Uniplaces que é outra coisa que me faz comichão... Os amiguinhos vendem gato por lebre, não dão a possibilidade de visitar o quarto e ainda exigem algo como 100 euros pelo serviço prestado... Que serviço? As fotografias profissionais que transformam o covil mais sinistro num recanto agradável? Eu não vou pagar 100 euros para ter a desilusão da minha vida... 

Após 3 anos que incluíram 4 momentos de procura de quartos tenho um único conselho a dar: visitem os quartos cujos anúncios não tem fotografias ou os que tem fotografias ranhosas que só apanham um canto do quarto e assim... Tendem a ser mais baratos, terem menos interessados e não vos vão desiludir... E perguntem sempre se existe recibo, pode ser que tenham sorte... O meu primeiro senhorio disse que passava recibo... O recibo dele era um papelinho a dizer "pago" seguido do valor que paguei... Quando me deu o papel pela primeira vez ri-me, quando me apercebi que o senhor não estava a brincar e me considerava burra ao ponto de aceitar aquilo como recibo após ter passado 1 dia sem luz e 15 dias a tomar banhos entre o "extremamente quente" e o "vou congelar" peguei nas minhas tralhas e mudei de casa.

11
Jun15

A minha primeira vez

Maki

Aconteceram muitas coisas desde que vim para Lisboa, umas boas outras más, hoje vou falar de uma que me marcou particularmente... Sabem quando querem muito fazer algo, pensam sobre isso durante bastante tempo e depois de o fazerem sentem-se deprimidos e vazios? Isso resume a minha experiencia na Feira do Livro... 

Há bastante tempo que queria ir mas nunca tive a oportunidade então este ano fiquei super feliz, peguei nas minhas coisas e fui para o Parque Eduardo VII, a minha ida para lá foi relativamente atribulada, digna de um livro épico até, perdi-me no El Corte Ingles, os trabalhadores das lojas(?) olhavam para mim do género "ugh classe media.", fui guiada por um segurança Simpático até à porta mais próxima do jardim, subi colina, contornei a Linha d'agua e vi-a no horizonte. Ganhei um novo animo, acelerarei o passo e cheguei lá. Entrei pelo stand da Leya, onde fiquei pressa algum tempo visto que estava imensa gente lá e é a editora de alguns dos meus escritores favoritos, segui caminho e resolvi aproveitar uma promoção tipo "pack surpresa", por 5euros levei 4 livros empacotados com base apenas nos títulos, honestamente estava bastante reticente na compra, vai contra os meus instintos comprar um livro sem ler pelo menos uma folha, mas resolvi arriscar! Agora tenho 4 livros de poesia na estante o que não é mau... Mas como sou uma pessoa mais virada para a prosa é um pouco estranho... Continuei a minha jornada, esquivando pessoas, memorizando os stands por onde tinha que passar ao voltar por atolados de momento, sendo atropelada por carrinhos de bebes, e passando aproveitando cada expositor menos concorrido para realmente ver os livros decentemente, comprando alguns. 

Gostei de lá estar, fiquei feliz por ver bastantes crianças, por falar em crianças, fiquei chocada quando passei um uma banca e descobri que a Anita já não se chama Anita e que agora se chama Maqualquercoisaparecidacommatutano...

Quando sai da Feira fui percorrida pelo habitual vazio que sinto após saltar entre vários livros e não os poder levar a todos para casa e um sentimento de culpa que me persegue sempre que gasto dinheiro, mas apesar de tudo quero voltar lá e aproveitar a hora H... Vocês também deviam.

09
Jun15

"Há sites que cobram para ver certo conteúdos"

Maki

Estava eu entre o omegle e a myanimelist quando recebo uma mensagem a dizer que tinha subscrito a uma nhanha qualquer de jogos, estupefacta com tal coisa ligo para a meo, o senhor foi muito simpático, bastante até considerando a hora que é e o que ele já deve ter aturado hoje. Quando explico a situação do senhor diz com um riso contido "pois, há uns sites em que certos conteúdos se pagam, se bloquear poderá não ter acesso aos mesmos." honestamente quando estava a ouvir o waiting ring estava a pensar exactamente que esta situação acontece a pessoal que vê porn no telemóvel e que se dissesse que me aconteceu entre o omegle e um site de anime ninguém acreditaria, especialmente a estas horas então obter simplesmente por me rir ao ouvi-lo e dizer que não havia problema nenhum. Espero que pelo menos esta situação tenha divertido o senhor é feito da sua noite algo menos monótona... Que a mim roubou-me 5euros...

30
Out14

Oh a ironia...

Maki

Hoje fui às compras... Odeio faze-lo mas tem que ser... Gastei 65... 30 dos quais da forma mais ironica possivel... Fui à Fnac e vi o Kakebo e pensei "olha! Aquela ceninha que os japoneses usam para anotarem os gastos!" peguei naquilo, esfolhei e dirigi-me para a fila, e começo-me a rir sozinha, a partir do momento em que uma pessoa compra um livro de 15eur para tratar da gestão do dinheiro é porque realmente algo de errado se passa... Como se não me bastasse cheguei ao balcão e a senhora pergunta se eu não quero o aderir ao cartão fnac... E pronto... Sai da fnac com menos 15 euros, daqui a uns meses fico com menos outros 15, mas agora tenho um livro que me vai ensinar a poupar e a ser inteligente a fazer compras which is nice.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D