Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha vidinha

A minha vidinha

18
Jan17

Odeio jardins (e patos, especialmente patos)

Maki

Hoje após uma semana de cativeiro de forma a me preparar para um exame decidi que devia apanhar sol. Deixei os livros por umas horinhas, peguei num livro e fui para um jardim.

Primeiro para encontrar um banco no qual não me sentasse ao lado de um casal ou estivesse longe o suficiente para que o seu "comilanço" não me afectasse foi uma carga de trabalhos. O amor é muito bonito sim senhora, mas sou muito céptica em relação a demonstrações de afecto publicas entre Janeiro e Fevereiro e enquanto pessoa que vai morrer sozinha prefiro manter uma certa distancia dessas coisas para não ser mordida pelo bichinho verde da inveja.

Quando finalmente encontrei um banco ao sol que cumpria todos os meus requisitos sentei-me, saquei o livro, e comecei a ler, passado pouco tempo comecei a ouvir um "quack quack" insistente, olhei para a frente e vi 3 patos a andarem em fila na minha direcção o que foi extremamente fofo, o da frente parou a coisa de 1 metro de mim e fixou-me o olhar, e eu feita parva continuei a olhar para ele a sorrir, até que fiquei com medo. Senti que a qualquer momento o bicho se ia jogar a mim e me começar a dar bicadas. O sorriso desapareceu e fiquei apavorada a olhar para o bicho que ainda me fixava. Levantei-me devagarinho e contornei o banco, sempre a olhar para o bicho, e ele a olhar para mim como quem diz "podes ter mais do 10x o meu tamanho mas eu dou cabo de ti", afastei-me um bocadinho a andar de costas não fosse raio do animal aproveitar para voar na minha direcção, e quando me senti suficientemente segura voltei-lhe costas e fui para casa.

O mais irónico disso tudo é que eu já tive numa situação semelhante mas que em vez de envolver um pato com 2 patinhos cupinchas envolvia 1 drogado com 3 amiguinhos e nessa situação não fui eu a abandonar o local mas sim eles... 

Passei a odiar patos. Eles vão acabar por dominar o mundo.

26
Jan15

As pessoas e os animais

Maki

Ontem estava eu numa loja de animais quando o meu coração se apertou, não foi o aperto normal ao ver animais enjaulados mas um aperto bastante maior... Uma senhora estava com o seu mais que tudo e pediu para ver um dos cães (gosh, é horrivel que exponham os animais como se fossem objectos em que não se pode tocar...) a senhora da loja pega na chave os cães ao ouvirem o som das chaves ficam super felizes, radiantes até, começam a saltar, a abanar a cauda e a por a lingua de fora (sinceramente acho que a lingua de fora não estava relacionado com a felicidade, mas pronto, tinham a lingua de fora enquanto saltavam o que lhes dava um aspecto super fofo), aproxima-se da vitrine, abre-a e tira um cão, fechando-a de seguinda. O cão que ficou lá dentro ainda abanou a cauda durante um bocado enquanto via o casal a afagar o seu parceiro de cela mas pouco depois a sua cauda parou e ele deitou-se enquanto via o casal todo babado a afagar o pelo do outro... A olhar para o casal que escolheu o cão com o pelo mais bonito e não deu a minima oportunidade ao cão com o pelo mais escuro... A olhar para o casal que não foi o suficientemente humano para perguntar à senhora se também podiam afaga-lo... 

Eu podia ter pedido para ver aquele cão, podia ter mostrado interesse em compra-lo, mas no momento não me lembrei de tal coisa... No momento só pensava nas coisas que tinha em comum com aquele cão, em como a humanidade é uma merda e em sair dali.

29
Out14

Vou arranjar um esquilo

Maki

Após uma breve reflexão apercebi-me que o que me anda a atrofiar é a falta de companhia, não no dia-a-dia, até porque eu tenho estudado com o pessoal que já conhecia, mas quando chego a casa estou completamente sozinha, e é um grande choque... Para alem disso eu sempre vivi com animais e adoro a sua companhia, por isso, após uma vasta pesquisa optei por um esquilo, onde o vou arranjar? I'm not sure yet... But I'll. Claro que o ideal seria uma cobra ou outro reptil do genero, pois eles não fazem barulho nenhum, mas para alem de não serem o meu tipo de animal favorito, tratar deles acaba por ficar bastante caro, e não há nada que supere ter um animal peludo a quem fazer festas... A minha primeira escolha seria um gato, mas tenho medo que ele mie e não acho humano restringir um gato a uma area tão pequena como o meu quarto... Então pensei "hum... e que tal um roedor?" Exclui logo os hamsteres porque a minha experiencia com eles não foi das melhores... Pensei numa chinchila, mas ela tambem é nocturna, então fez-se luz "e que tal um esquilo?", e pronto, vou ver se arranjo um, provavelemente da mongolia :3 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D