Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vidinha

A minha vidinha

12
Nov19

A tecnologia serve para facilitar

Maki

56 minutos. Estou à 56 minutos à espera que me chamem para uma consulta. O que faz com que eu já esteja atrasada para a próxima consulta que já paguei, e não me posso avisar ninguém porque o raio do hospital é todo tecnológico (isto é, resolveu cortar as despesas associadas a recursos humanos), pelo que funciona com senhas, pré-pagamento e essas moengas todas que o tornam super amigo das pessoas de idade.

A culpa é da médica? Talvez, talvez a senhora se tenha deixado dormir. Mas cheira-me que é mais do hospital que considera que 15 minutos é tempo suficiente para uma consulta tanto para crianças como para adultos. 

 

Actualização: após 1h20 se espera ligaram-me a perguntar se estava no hospital, porque a doutora não me conseguia chamar. Acontece que a senhora não me conseguia chamar porque já me tinham chamado para a consulta das 10h (inclusive ligado a perguntar onde raio estava), pelo que o sistema buggou porque pronto...  uma pessoa não pode estar em 2 sítios ao mesmo tempo. Como a senhora não me conseguia chamar, cagou em mim e chamou o paciente seguinte. Finalmente ligaram-me a perguntar onde estava,  eu dei 5 passos e disse "aqui, isto ainda demora?". Esperei mais um bocado e fui atendida. Estive no consultório cerca de 5 minutos e abalei com o papel com os exames que tenho que fazer. 

Quantos milhares terão investido naquele sistema buggento? 

 

Actualização 2: hoje marquei ainda uma terceira consulta no mesmo grupo privado de saúde, mas noutro estabelecimento. 

Cheguei ao 12h20, tirei a senha e desloquei-me para o piso. Assim que me sentei olhei para o ecrã das senhas e já me tinham chamado. Levantei-me imediatamente e fui para o gabinete. Bati à porta, esperei um bocadinho. Pareceu-me ouvir um entre. E entrei. Não era para entrar, então sai. Fiquei a espera à porta. Lá o homem me chamou. Comentário fdp por eu ter entrado "antes de tempo", mereceu resposta fdp. Disse o que tinha a dizer. Tira casaco. Tira camisa. Mostra coluna. Palmadinha super profissional na anca. Cara de "ambos sabemos que essa merda não é profissional, outra brincadeira dessas e ficas sem mãozinha". "Os ombros estão direitos, blabla, não ponha essa cara menina.". Ponho uma cara pior. "Vai fazer este exame e depois volta". Silêncio enquanto a impressora funciona. "Não deve ter problemas aquando da gravidez". Silêncio enquanto o homem assina. "Quando voltar traga uma radiografia antiga e a mais recente. Beijinhos". "Adeus". Às 12h35 estava a sair da clínica. 

Juro que se hoje ouvir um "os hospitais privados tem uma qualidade excepcional" a criatura vai ter o prazer de experimentar as urgências dos mesmos. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D