Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha vidinha

A minha vidinha

08
Set19

Bailando

Maki

Em junho tive uma infecçãozita, e quando fui às urgências da terrinha, a doutora, após me fazer esperar 1 hora entre tirar sangue para a análise básica e voltar a ser chamada, na qual tive tempo de explorar toda a enfermaria e ver os meus resultados, pois deixaram-me sozinha na sala (no fundo sinto que foi um pequeno castigo por ter interrompido a sua "hora" de almoço e a ter obrigado a deixar o seu lar para voltar ao hospital, visto que a senhora só atendeu mais uma criatura durante essa hora e as análises levaram para aí 5 minutos a ficarem feitas...) 

Heis que finalmente sou chamada, ela passa-me os antibióticos e diz que tenho princípios de anemia e devia ir falar com a médica de família. 

O que não me disse é que a minha médica de família se ia reformar... Desde aí tem sido uma pequena aventura... Fui ao centro de saúde pedir para fazerem análises, no dia a seguir sai de lá com a data marcada e uma receita para uma infecção urinária que nunca tive e que a senhora da recepção alegava que devia tomar porque se o doutor,  que nunca me viu, a tinha passado por alguma razão seria.

À três semanas fui ao centro de saúde tirar sangue e a enfermeira, um amor de pessoa destoava completamente com as bestas da recepção, disse-me que depois tinha que marcar consulta para ter acesso aos resultados. Só que não tenho médico. E por incrível que pareça é mais complicado aceder aos resultados de umas análise do que receber medicação aleatória para a infeção urinária. 

Durante estas 3 semanas as senhoras recepcionistas, entre as conversas que mantinham entre elas e as cusquices com outros utentes prometeram-me um médico, sempre que me prometiam o dito metiam um sorriso resabiado na cara, pobre senhor... Quando chegar lá vai ser violado pelas solteironas... Heis que ontem me prometeram uma médica. Filhas, eu não quero saber se o Dr. Sebastião está à espera de um dia de nevoeiro para aparecer ou se a Dra. Fátima aparece dia 13 de Maio... Eu já nem peço uma consulta, nem médico de família. Só peço o papel. 

Com o andar da carruagem quando tiver o resultado das análises já estão desactualizados, e tenho que tirar sangue outra vez.

O mais chato é que quarta, quando já estiver em Lisboa, vou tentar dar sangue e vou ficar a saber em questão de minutos se sou ou não anémica, sem necessidade de andar bailando de um lado para o outro debaixo do sol estival nem mijando para um copinho.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D