Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha vidinha

A minha vidinha

26
Fev16

Esqueci-me que os bares não são o meu habitat

Maki

Pois é, há pessoas burras, pessoas esquecidas e eu consigo ser ambas. Ontem esqueci-me que ir a festas, bares, discotecas e assim não é para mim e infelizmente só me lembrei depois de entrar no bar.

Existem várias coisas que não aprecio nos bares, uma delas veio logo na minha direcção após chegar. No caminho tinha prometido a mim mesma que não ia olhar para ninguém com cara de quem está prestes a pontapear alguém na cabeça, nunca devia ter prometido tal coisa. Estive cerca de 5 minutos a explicar a um bacano que nada ia acontecer, respirei fundo cerca de 10 vezes, olhei para elas em desespero, mas elas estavam a adorar aquilo e só me ajudaram no fim quando apareceu o wingman do gajo e elas se apareceram que eu ia soltar o bro que há em mim e criticar o método deles, acabaram por se ir embora e continuámos a noite.

Aprendi bastante sobre caça enquanto estava sentada num banquinho, existem 3 fases: suricata, leopardo e tartaruga

1- Suricata: Esta é realizada por ambos os sexos, aqui ainda não há presas nem predadores, toda a gente está atenta ao que lhes rodeia, o bar onde estava ajudava bastante nesta fase porque tinha uma pequena elevação de onde os jovens machos tinham uma visão mais ampla da área. Durante esta fase há trocas de olhares, as fêmeas falam com as amigas sobre o macho que viram, os machos discutem qual é a rota que vão tomar caso a primeira fêmea diga que não.

2-Leopardo: Nesta um dos elementos (geralmente o do sexo masculino) persegue a presa. Desloca-se do seu posto de vigia até ela em questão de milésimas de segundo com o peito para fora e a barriga para dentro e aborda-a.

3-Tartaruga: Esta apenas ocorre quando a 2 corre mal, o predador volta ao seu ponto inicial, desta vez lentamente e todo marreco, preparado para iniciar novamente a o ciclo de caça.

Claro que estas coisas não se aplicam sempre, há bacanos e bacanas que saem só para se divertir e passar o tempo, também há bacanos que saem esquecendo-se que não gostam de sair. Há quem procure o amor da sua vida no meio da nuvem de fumo assim como há quem não tenha estratégia de caça e pesque, laçando a linha em todas as direcções até que alguém morda o anzol.

Caso se estejam questionando sim, desta vez também vi pessoas do meu curso, não uma, não duas, mas pelo menos 6, todos juntos a passar assim pouco depois de ter comentado com uma amiga que pelo menos ainda não tinha visto nenhum de lá... Tenho que aprender a estar calada...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D